Filmes/Séries

O Mundo de Beakman


Por sugestão/bronca de um leitor resolvi que era hora de parar de assistir Battlestar Galactica compulsivamente e escrever logo um post aqui! Peço desculpas… eu estava… possuído! Também por sugestão de outro leitor, agora… uma leitora… resolvi relembrar do bom e velho Beakman, e é claro, para quem não o conhece, apresenta-lo devidamente.
Vamos lá!

O Mundo de Beakman é um programa científico voltando ao público infantil com um visual todo maluco e psicodélico onde eram lidas perguntas, enviadas por telespectadores de mentira, para serem respondidas/explicadas/provadas/experimentadas pelo Beakman. O Beakman é uma espécie de cientista maluco viciado em qualquer forma de conhecimento, que para responder as perguntas tinha a ajuda de seu rato de laboratório Lester (um cara fantasiado de rato) e uma assistente (que dependendo da temporada mudava). O programa era exibido na Cultura, nos anos 90 [1], o que pode explicar o fato de talvez… você nunca ter ouvido falar nele!

A ideia principal do programa era tornar a ciência algo divertido aos olhos da garotada, e para isso a forma como as coisas fluíam não eram nada convencionais. Tudo chamava atenção! Não era difícil o Beakman começar um programa caindo de algum lugar, explodindo ou até mesmo pelado por ter sido roubado pelo Camera-man. Mas o programa tinha uma estrutura básica que se repetia sempre. Era mais ou menos assim: Começa com os dois Pinguins no Polo Sul tendo alguma conversa bizarra/sem sentido e que acabavam concluindo que era melhor ligar a TV senão iam perder o Mundo de Beakman![2] Dái é que começa o programa. O beakman sempre aparece com um “fato rápido”, que é um dado geralmente nada a ver (e que as vezes me leva a crer que são de origem duvidosa!) Exemplo: maioria dos ursos usam mais a pata esquerda do que a direita! =s
Depois disso a assistente lê uma pergunta e o beakman trata de responde-la. Logo mais temos o Desafio do Beakman, onde o Lester era desafiado a realizar alguma tarefa. Após as tentativas inúteis do cara do vestido de rato, o beakman sempre tinha algum método cientifico para otimizar ou tornar possível tal tarefa. Faltando pouco tempo para acabar o programa, mais uma pergunta era trabalhada e fim! =D
Quer ver um pouquinho? Quer entender como sua privada funciona? Aqui vai…

Tenho a impressão de a grande maioria das pessoas que seguiram carreiras ligadas as ciências, da minha geração, assistia esse programa. Quando se é uma criancinha, é difícil não ficar impressionado e querendo ser alguem como o Beakman que tinha resposta para tudo! No meu caso, não tem como dizer que o Beakman não tem parte na culpa da minha escolha… de ser… Físico.

< momento desabafo >

Mas muitos dos que seguiram tais carreiras, infelizmente devem ter cruzado com um dos personagens interpretados pelo beakman. Estou falando do Professor Chatoff [3] (ou Prof. I.M. Boring no original, formado na Inert State University – Piadinha infame, não? Hehehe ) que se mostrou ser bem mais real e frequente do que eu podia imaginar. Esse tipo de cientista existe aos montes. Não se desanime por isso… faça como eu! Lembre-se do que te animava, do que te inspirou a querer seguir uma carreira científica… que tudo fica melhor.

< /momento desabafo >

E acho que é isso. Aqui ficam meus agradecimentos ao Beakman e a todas as pessoas que gostam de ENSINAR e divulgar as ciências em geral! ^^ Pois, pra mim, eles são tão responsáveis quantos os próprios cientistas, por perpetuar a população do meio acadêmico! HUhuahua
Abraços galera.

=/

Fato rápido: O programa do Beakman foi inspirado em uma tirinha chamada You Can With Beakman and Jax.
Quer ver como era? Clique aqui.

Notas do Autor

[1] Quem assistia… sabe que passavamos por sérios problemas tentando fazer o Combo Beakman-Doug-Anos incríveis enquanto nossos pais queriam ver o Jornal.
[2] Já começa bom né? É um programa meio que dentro de outro.
[3] Era um sujeito que sempre dava explicações super diretas, chatas e usando jargão para que ninguem entendesse as coisas.



55 especialistas já comentaram!

  1. Correção: Eu resolvi que era hora de PARAR MOMENTANEAMENTE de assistir battlestar galactica para escrever o post.

  2. Ruvânia

    Òtima idéia divulgar isso! Adorei a tag Bom conhecer suas influencias!! :)

  3. R.Heck

    Devo dizer que ao ouvir o tema inicial do programa uma gotícula de lágrima saiu do meu olho direito… nossa, eu amava esse programa era fã do Lester! Sempre quis saber o que era aquele rato com cara de gente, hoje sei que ele é o ator-comediante Mark Ritts :)
    Doug Funnie (é assim né?) lembro do herói q ele (e seu fiel cachorro) virava, qual era o nome mesm?

    Ps.: Ahhhhh, a música tema do Doug!
    http://www.youtube.com/watch?v=CdmURW0Go9Q

  4. @R.Heck HUuhauhauha… o Lester é demais! ^^

    Então, o nome do herói é HOMEM CODORNA!! e seu fiel companheiro o CÃO-DORNA. HUuhahuahu

  5. Caceta q coincidencia, tava cabando de ver um video do Beakman no curiofisica xD

  6. Ao contrario de alguns que eram fã do Lester, eu tinha um certo receio quando ele aparecia… Sei lá… Ele e o Besouro suco me assustavam um pouco O.o

    Não lembro se era O Mundo de Beakman que ensinava algumas experiências, mas lembro que tentei fazer algumas… Talvez por isso nunca quis seguir carreira científica.. hahaha

  7. Uma palavra: nostalgia.
    Devo dizer que ao ouvir o tema inicial do programa uma gotícula de lágrima saiu do meu olho direito… [2]

  8. Fernanda

    Nossa!!!
    Nem lembrava mais dos “pinguins”!!!
    Essas coisas ficam no subconsciente.
    Agora entendi pq quis me meter a estudar lá no frio! ^^

  9. @Cássio Godinho Caramba… fui la e fiquei procurando… até que achei na cagada! Cara é exatamente o tipo de pergunta que o beakman responderia né?? Muito bem lembrado =D
    Pra quem quiser ver:
    http://curiofisica.com.br/fio-forma-cilindrica/
    Vale a pena

    @Cris Esse mesmo!! Altos experimentos! O que mais me divertiu era o foguete de garrafa pet!

    @Fernanda UHuhauhauhauh… nem te falo nada!! HUhuahuahu Pinguins malucos aqueles 2!

  10. Luis Cláudio Gouveia Rocha

    Bons tempos, bons tempos…

  11. PLANK

    Lester era um homem vestido de rato???

    Vc acabou com minha infância… =[

  12. @Plank! Não! Não!! Não foi isso que eu quis dizer… ele era um rato grandao mesmo!! ^^

  13. Diogo

    Nossa eu não perdia um episodio, até tive um hamster meio cinza que dei o nome de Lester.
    Era uma pena que as vezes o horario conflitava com os desenhos/tokusatsus/seriados em geral que passavam na Manchete…

  14. @Diogo E ainda teve época que conflitava com tudo!! Era meu pai querendo ver o Jornal Nacional e eu ver Anos Incriveis. Altas tretas! HUauhuhauha

  15. ele fodeu minha vida.
    assistia mais que doug até, e agora ó onde eu to.
    hahah

  16. [Quem assistia… sabe que passavamos por sérios problemas tentando fazer o Combo Beakman-Doug-Anos incríveis enquanto nossos pais queriam ver o Jornal]….pra resolver esse problema eu peguei uma tv antiga, alguns pedaços de fio de cobre e liguei a tv no quarto dos meus pais, usando a janela como antena pra conseguir sintonizar a tv cultura e nao ter que tentar disputar a tv da sala, hahaha

  17. Expectadora

    hauahsshausashu, nossa, que pior. Eu adorava o costelinha… =\
    Nostalgia total!
    Ahh!
    ” Exemplo: maioria dos ursos usam mais a pata esquerda do que a direita! =s”

    Sim, os ursos são canhotos!!^^’

    Adorei o post!!!

  18. VINA

    Onde estao ou o q fazem os personagens atualmente QF???

  19. VINA

    gostaria mt d sabe onde estao ou o q fazem os personagens atualmente QF???

  20. Stipy

    OMG sem dúvida o Beakman teve uma grande influência na minha escolha de ser um cientista. :D
    O programa era muito legal, na medida do possível eu tentava fazer as experiências que ele mostrava :).

  21. Fuinha

    Beakman ainda passa?? ele tambem foi minha fonte de inspiraçao.
    Doug voltou a passar na cultura e continua sendo o maximo!!

  22. Tq3eufiy

    Cara…….o Beakman era muito legal, queria ter mais maturidade pra entender as coisas que ele fazia quando eu era criança.

  23. Magnet Motor

    Nossa, esse programa é antigasso. Não sei o porquê, mas ele me lembra sopão-de-galinha…que estranho!?

  24. Fernanda

    @Magnet Motor lembra a sopa da galinha azul!!!!

  25. JuB

    Muito legsal QF!!
    xD

    vc jah tinah me flado dle antes e qndo eu vi achei tão dãrt… esse epi´sodio do psot é bem mais legal…

    ^^
    =*

  26. Fuzzy

    Fato Rápido: O Lester e o vocalista do Bee Gees não são a mesma pessoa.

  27. Matheus

    Muito bom! Caraca via todos, muito bom o post.

    Não sei se pode, mas nesse link tem todos
    os links de episódios no youtube

    http://acromax.multiply.com/journal/item/17

  28. Magnus

    Isso marcou minha vida de tal maneira! Quero seguir a carreira científica influenciado por ele e por outros.
    Sinto saudades! Mas ainda bem que existe youtube!

  29. Candyman

    cara! O Dr. Manhattan era um físico nuclear! Quer uma inspiração maior pra ser físico? (Eu abandonei a física e fugi com a minha amante, a química =P)

  30. Samir

    “Tenho a impressão de a grande maioria das pessoas que seguiram carreiras ligadas as ciências, da minha geração, assistia esse programa.”

    Pode ter certeza, sou outro cientista influenciado pelas horas a fio vendo Beakman!!
    Lembrar de quantos ovos podres eu consegui arrumar tentando fazer o ovo elástico e de quantas vezes minha mãe achou q eu era uma especie de retardado por curtir essa parada de ciência!

  31. parabéns pelo post!

    beakman é otimo, essa epoca era otima…

    inclusive, se quiser dar uma olhada, escrevi algo parecido no meu blog, mas sobre outro classico dos anos 90, Doug:

    http://colorscreen.blogspot.com/2009/04/para-comemorar-volta-de-doug-post.html

  32. caracaaaaaaaaaa!!! Muito bom o Mundo de Beakman! Isso da saudades da infância! Quando os programas de TV eram mais educacional e mais legais! Agente aprendia muitas coisas, que ao contrario de hoje agente não ve nenhum programa que se compara aos antigos dos anos 90.. muito bom o post!

  33. Beakman + Doug = DIVERSÃO! *¬*
    Bons tempos….!

  34. Plank

    É impressão minha ou sumiu um post mais novo que vc tinha feito??

    Aff… Nem deu tempo de ler ¬¬

  35. Famscrow

    Saudade…. faltam programas com cultura científica como esse. Vai pro inferno a Xuxa com aquelas palhaçadas dela….

  36. Gamow

    FATO:

    90% de todos os cientistas que viveram estão vivos ainda!!

  37. anonimous

    OMG
    vejamos lembro desse programa…
    tinha mais ou menos 4 a 5 anos…
    era massa para epoca, achava algumas coisas
    digamos.. irreais, como a do copo na bandeja
    .ele comecava a girar e nao pingava uma só gotinha mas aprendi mutita coisa vendo aquilo
    hoje tenho 14 anos e ainda me lembro de alguns
    episodios

  38. anonimous

    me lembro da historia dos moveis que estralam
    crescem e diminuem durante a noite….
    medo… esse era um dos que duvidava.

  39. Thati

    QF, eu era fãzona do Beakman (fazia a maioria das experiências para desespero da minha mãe), e hoje faço História! Hehehe, então acho que ele despertava o gosto pelas ciências em todos independente das aptidões naturais… E por falar em Doug, voltou a passar na cultura! Todos os dias 13:30 e 17:30!!! Viva!!! E quando vc vai fazer um post sobre The Big Bang Theory?

  40. Raphael

    [1] Quem assistia… sabe que passavamos por sérios problemas tentando fazer o Combo Beakman-Doug-Anos incríveis enquanto nossos pais queriam ver o Jornal.

    achei que eu era o único que enfretava esse problema.
    mas tudo se resolveu quando ganhei minha tv de 20″… de segunda a sexta entre 19h e 20h30 era obrigatório esse combo.

  41. Quem assistia… sabe que passavamos por sérios problemas tentando fazer o Combo Beakman-Doug-Anos incríveis enquanto nossos pais queriam ver o Jornal.

    DEFINIU MINHA INFÂNCIA

  42. Ygo

    O Mundo de Beakman!!!
    DuCaralho!
    Muito classe!!! ADOREI!

    EU RA VICIADO! NUM PERDIA UM!
    ADIVINHA NO QUE DEU?!

    HOJE SOU ACADÊMICO DE FARMÁCIA!!! RSRS

  43. barbara

    adorava o beakman , ele me ensinou a equilibrar um garfo em palitos de dentes enfiados nun saleiro ,kkkkkkkkk ( o lester era muito idiota , muito burro,acho q ele era parente de alguma estrela do mar pq elas não tem cerebro)

  44. barbara

    detalhe a musica de abertura e otima , era uma coisa meio com ecos ,rs

  45. William

    eu assistia haha era mto bom ! e hj faço ciencia da comp, sera q foi influencia? kkkkk

  46. Doug Dåx

    Beakman era maravilhoso!!! Eu só via Doug depois, nunca fui fã de Anos Incríveis…

    PA: Galactica chega num ponto que vicia e TEM que assistir compulsivamente.

  47. Nelson Rivaldo

    Eu era fã³ do Beakman, hoje sou formado em geologia. Para esclarecer o cara que fazia o Lester, Mark Rits (não sei se é assim mesmo que se escreve) é formado em literatura em Harvard. Paul Zaloom é cineasta. A série concorreu a 19 premios na epoca que era produzida e ganhou 18. Eu ainda tenho meu caderno onde anotava as experiências do programa e sempre tentava fazer depois “sem substituições e com a supervisão de um adulto”.

  48. Keiko

    Muuuuuito bom esse programa… será que ele me influenciou na decisão de cursar Engenharia Eletrônica…??? Nah… mas que era divertido, era sim! (até hoje me lembro da sequência de cores do arco-íris graças ao Beakman!!!)

  49. @biscoita

    aaaaaaaaaaaaaaaaamoo o mundo de beakman

  50. Josias Tiago

    Sem duvidas esse foi um dos motivos pelo qual escolhi cursar Física . VALEU Beakman !!!

  51. Lucas

    Muitooooooooooo massa esse programa
    fez minha infancia
    desde de pequeno era um NERD!!!!

  52. ayumil

    e legal eu ja temtei fazer algumas e comsegui

  53. esse beakman e de mais eu fisso a te um coco de papel mache que el enssinou

  54. o beakman morreu e verdade mesmo

Faça um comentário...

*Atenção! Letras pequenas! Aviso importante: O sistema de comentários do Efeito Ázaron é um espaço para os leitores publicarem suas opiniões e comentários relacionados ao conteúdo. Todo e QUALQUER texto publicado nos comentários por terceiros não reflete a opinião do site e é de exclusiva e integral responsabilidade do leitor que o escreveu. Ao comentar aqui, o usuário concorda que SEU texto é de SUA responsabilidade, e não do site.

Theme by Anders Norén