Faculdade

Memorial do Seminário Desconhecido


Mais uma vez os ázarons provam sua existência de forma explícita… ou melhor quase que pornográfica!
Tudo começou quando fui visitar meus pais nesse último final de semana, tudo correu bem… mas tive que matar as aulas da segunda-feira para compensar a viagem, senão eu ficar menos de 24h por lá. Então, depois da minha estadia por lá [1], na terça-feira volto para cá e logo que chego em casa já tenho que sair correndo para minha aula e assim que chego nela, me deparo com meu grupo… lá na frente da sala apresentando nosso seminário!!!

Imediatamente após ver essa cena… minha expressão facial ficou bem ao estilo: WTF???? E enquanto eu dava uma geral pela sala (querendo correr o máximo que podia dali) dou de cara com o Professor. Agora minha expressão mudou mais rápido que a velocidade da luz[2] para uma cara de “Estooooou tranquilo…. esta tuuuuuuudo bem”
Cheguei lá nos companheiros de grupo e sorrateiramente, lá na frente da sala, conversamos… e eles vendo meu desespero:

– Relaxe cara! Está tudo sob controle!
– Como assim??? Meu!! Isso não era pra semana que vem???
– Não não, era pra essa! Mas fizemos sua parte!
– Hã? Mas… mas… por que vocês não me ligarem pra gente fazer??
– Eu e o “X” perdemos seu telefone e não cruzamos com você pela faculdade, dai resolvemos fazer tudo sozinhos.
– D=
– Relaxe cara! Colocamos seu nome no trabalho!
– Meuuu!! Vou apresentar um seminário… que nem vi???
– É!! Nunca fez isso não???
– D=

Bem, já devem imaginar qual foi o resultado disso, não é? Mas se precisarem de ajuda… foi algo parecido com isso:


“…e assim a distribuição de Bose explica os padrões de manchas dos Frangos das Pradarias. Obrigado… perguntas?”

 
Absurdo não? Como uma coisa dessas acontece assim do nada? Bem, acho que essa pergunta não me levaria a muita coisa (ou novamente a teoria dos Ázarons, não é mesmo? Hehe) mas diante do ocorrido me toquei de que muita gente já deve ter passado por alguma situação parecida. Vai falar que é mentira? Que você livrou e/ou teve sua pele livrada por um amigo ou colega de classe? Ham? Ham? Quem? [3]

Então, resolvi fazer desse post… um MEMORIAL para lembrar, louvar e cultuar essas pessoas de bom coração que ajudam o próximo, que colocam o seu nome em seminários, trabalhos e listas de presença!! Se você já foi salvo e/ou se você já salvou… participe dessa celebração! Deixe seu comentário e sua historia como oferenda ao Memorial do Seminário Desconhecido.

=/

Notas do Autor:

[1] Eles moram longe pra caramba!! Sô do interioR, sô!!
[2] Para que não desse tempo dele perceber o TERROR em meus olhos. Porque vocês sabem né? Professores Universitários farejam medo…
[3] Se ainda não aconteceu com você, saiba que vai acontecer!

*Sim! Tem horas que até os Nerds CDFs esquecem de algum trabalho! Hunf!!



39 especialistas já comentaram!

  1. Hum, post saindo do forno, consegui chegar aqui usando as probabilidades quanticas.
    Essa foi ótima, que belo nerd você me saiu. Já passei por poucas e boas na facul, mas geralmente eu esquecia as provas. Certa vez tive que apresentar um seminário sobre diferenças educacionais entre o ensino médio e o ensino técnico, esqueci a data e o resto do grupo também, ninguém havia estudado nada, então seguimos um antigo conselho de uma professora e começamos a perguntar quem havia estudado em escola técnica, qual a diferença, o que tinha mudado na vida. No final não explicamos nada, todo mundo respondeu e ainda fomos elogiados pela professora por termos interagido com a turma, ela disse que éramos um exemplo de grupo…kkkkkk
    Valeu as hora e o dinheiro gasto no curso de teatro.
    Beijos improvisados

  2. André HP

    Sempre! Claro! :)

  3. Stipy

    Muito pelo contrário comigo. Eu sempre fiquei como o encarregado de fazer o trab. pq geralmente ficava no pior grupo (sorteio :/). Então, sendo o único CDF do grupo, fazia o trab. e ninguém me ajudava. No dia da apresentação era o meu dia de glória, pq como eu era querido pelos professores simplesmente falava q ninguém tinha feito nd. Daí apenas eu ganhava nota e resto ficava se segurando pra ñ me matar durante a aula. Com o tempo fui ganhando fama e todos passaram a ajudar no trab. :D auhahuauhahua

  4. Primeiro tenho que dizer… Ri horrores lendo isso… HAHAHA Ainda mais com essa ilustração mais que perfeita, hauhahuhauh

    Bah, já passei por situações assim várias vezes… Aquelas que eu não fazia idéia do que dizer e tive que usar a arte da prolixidade pra me virar. Falar, falar e não dizer nada é uma arte, talvez até um dom divino! HAHA
    Em outras apenas concluir a apresentação com aquelas frases de quem não faz idéia do porque está ali “bom, resumindo tudo que foi dito por meus colegas, aqui está a o cartaz ilustrando a explicação.” E como sou e estou longe de ser uma nerd, já deixei de apresentar muita coisa e entregar provas e branco… Mas agradeço meus amigos queridos, aqueles que me salvaram diversas vezes, hahaha

  5. Ah, sim.. como estou sofrendo de dislexia exorbitante compulsiva agúda, tive que escrever errado…

    seria… “E como não sou e estou longe de ser uma nerd”…
    “provas em branco” :p hahaha

  6. Fernanda

    Huahuahuahuahua!
    Muito bom! rsrsrs
    Eu nunca fui salva, mas já salvei vários colegas e amigos…
    Bom… como eu acredito no “equilibrio do universo”, um dia essas minhas boas ações voltam para mim e alguém me salvará… (Eu espero….) =/

  7. Na minha turma de faculdade tinha um cara chamado Monstro, e em nome de todos meus colegas eu gostaria de deixar uma agradecimento à ele aqui no Memorial do Seminário Desconhecido.
    O Monstro era assim: ele não faltava em uma aula, e tinha um talento único pra copiar assinaturas em listas de chamada. Toda aula ele sentava no canto da sala, esperava a lista de chamada chegar até ele, e começava sua arte. Geralmente entregavam um papelzinho pra ele com a assinatura de todo mundo que ia faltar, e ele pegava e copiava. Depois de um tempo, o papelzinho virou uma folha de almaço. Depois de mais um tempo, ele jogou a folha fora e assinava a lista inteira de cabeça. Diversas vezes a lista de chamada passava por mim com meu nome já assinado (“É que você sempre mata aula, eu acabo assinando seu nome só por força do hábito”, disse ele pra mim uma vez). Não era raro ter três pessoas na aula, e a lista de chamada chegar com quarenta nomes. Não fosse o Monstro, eu teria tomado pau em diversas matérias. Então, Monstro, aonde quer que você esteja, fica aqui o meu agradecimento!

  8. Bullshico

    Bem, já fui salvo e salvei muita gente, mas nada de muito interessante para contar nesse sentido…

    Meu problema mesmo é com a apresentação de seminários!!! Por exemplo, teve um dia, em um seminário de Metodologia Científica, que eu imitei um Teletubbie… Mas não vou contar como foi porque é off-topic demais. De qualquer maneira, aquele foi o pior seminário da história dos piores seminários, e isso não é uma hipérbole…

  9. Juninho2v

    Já botei nome de MUITA gente em trabalho, e já botaram o meu na única vez que eu esqueci =D

  10. Bem, por sorte eu sou muito amigo da garota mais inteligente da classe, então, sempre faço grupo com ela. Eu faço algumas coisas, mas ela e a amiga dela fazem a maioria. Por sorte, elas entendem que se eu fizesse a nota seria infinitamente menor, mas que eu me esforço… NOT.

  11. ^^

    Gostaria de deixar aqui meus agradecimentos aos meus companheiros de grupo, que me salvaram!
    Obrigado!!! =D

  12. Tq3eufiy

    Putz, era sempre eu que salvava os amigos. Na única vez que eu esqueci que tinha um trabalho, todo mundo levou zero. :\

  13. cara tive um pequeno problema na sexta serie, era um trabalho de portugues, aonde tinhamos que pesquisar sobre poemas, e tal, ai escolhemos um poema que nao lembro o nome, acho que seja “canção do exilio”, ou algo do tipo, minhas aulas so tinhas 4 tempos, eu cheguei faltando 15 minutos pro final, bem na vez do meu grupo, eu sempre tiva a sorte de pegar “Nerd” pra nao chama-los de burros, onde cada um tinha que declamar uma estrofe. cara tava um lixo, so ganhamos 5,0 por minha causa, bem a professora disse isso ne. depois disso, resolvi, so faço trabalho sozinho, se eu fosse depender dos outros pra todos os trabalhos que eu tivesse que fazer, eu ainda estaria na 7º serie.

  14. Bruno Stein

    uashasu
    isso sempre acontece comigo, mas é com lição de casa, nunca faço dai chego na classe e fico sabendo que era pro dia, sou um péssimo aluno =D

  15. Ingo

    Quando eu estava na 6a série e os trabalhos ainda eram escritos à mão, eu pedi pra um colega meu colocar meu nome porque eu nem sabia que tinha trabalho pro dia. Ele colocou na boa. Hoje em dia ele é escrivão da polícia civil e eu sou desempregado. Alguns podem pensar que eu me fudi, mas eu prefiro pensar que a diferença não foi tão grande assim.

  16. Hahaha, me lembrou do dia em que eu salvei todo o grupo fazendo sozinho o trabalho, algo que compensou, pois eles conseguiram convencer o professor a me dar nota no outro semestre em que eu não pude ir ao seminário!

  17. Juãu

    Mto massa o post.
    Sou do estilo do Stipy sempre tive q fazer tudo sozinho.
    Mas
    WTF??? tu joga dota? oO ? warcraft??

  18. Samir

    Eu pelo menos sou o que salva os colegas, nunca ninguém faz isso por mim.
    Aconteceu algo parecido comigo essa segunda, fui apresentar uma demonstração do Algoritmo da divisão de Euclides, (Teoria dos números), achei q era simples e tal, porque o algoritmo é simples, mas demonstrar aquela porcaria foi foda, fora que os filhos da #$@ dos meus colegas nem ajudaram, foi foda apresentar sem saber, mas saiu tudo bem, fiz uma apresentação no power point e fui explicando linha por linha (lendo) kkkk e fazendo comentários.

  19. Como o Ginurse disse, fazer as pessoas participarem é o melhor método de apresentação do trabalho, Lembra-me um site de um tal de QF que faz as pessoas participarem dele por questiomantos (1). Mas tá excelente QF, tive os 3 lados da moeda pela vida já e isso é bem legal. Queremos um troféu sobre esse memorial.

    Ah, e por que meu fundo de tela fica sempre escuro quando entro neste site? Agora tenho que sublinhar tudo para conseguir ler os posts. Tem solução pra isso, que não seja usar firefox ou IE 7.0?

    (1) Será que o QF não Explica nada aqui, e gostamos só pelo prazer de participar?

  20. Oi Angus, pra mim aparece tudo preto também. Acho que nosso querido QF resolveu estudar um pouco depois desse episódio e aparece menos por aqui. Enquanto isso a gente toma conta do lugar.

  21. Oi Angus, pra mim aparece tudo preto também. Acho que nosso querido QF resolveu estudar um pouco depois desse episódio e aparece menos por aqui. Enquanto isso a gente toma conta do lugar.
    QF vou parar de

  22. Hehehe.. Calma, camla… o QF não virou um blogueiro desnaturado! Eu só andei meio enrolado esses dias…
    ^^

    @Angus, que negocio é esse? O que você usa para abrir o EÁ?? Testei no IE7 e FF2 e FF3 e tudo ok! Nem entendi qual o problema, me mandar um screenshot no e-mail pra eu ver, por favor! ^^

    @Ginurse! Caramba! Você também?? Me manda um screenshot da tela… não to entendendo qual o bug que vocês tão falando.

    @Samir, cara… teoria dos números da medo! Heheh

    @mutante Realmente, depender dos outros é foda.. por isso que tem que dar liberdade pra você montar seu proprio grupo… qdo junta de qq jeito, sempre tem um safado que se dá bem.

    @Enrique uhauhauhuha já aconteceu comigo! Já chegou vez passar em materia que era só presencial e tal… sem ter ido nas aulas! Obrigado a todoooos que assinam listas de presença!!

    ^^

  23. Stipy

    @Juãu -> Sim, eu jogo DotA.. pq? Por acaso eu te conheço?

  24. @Stipy @Juãu O que é DotA???? :$
    (não sei mesmo… hehehe)

  25. Thomas Turbando Pinto

    Uma dica pra enrolar é gesticular muito, fazer mímicas, citar frases de pensadores como se tivece a ver com o trbalho e dizer : “como diziam os gregos…”, “assim como nossos antepassados diziam…”
    Isso ajuda bastante, mas pra isso tem q ter um certo conhecimento e muita criatividade
    =D

  26. @Thomas UHuhauhauhauha… é uma boa né? Dá pra distrair a galera do real objetivo e aliviar as coisas!
    Ótima técnica! ^^

  27. Thomas Turbando Pinto

    O negócio e gesticula, fala enrolado também, daí as pessoas vão te pergunta então tu fala enrolado de novo que elas vão fica envergonhada de te questiona novamente e não vão perguntar mais

    xD

  28. Thomas Turbando Pinto

    Fala palavras complicadas também é bom, sempre gesticulando e citando os gregos

    xD

  29. Stipy

    AHH QF kra… como tu ñ sabe oq é DotA? Vc esquece de fazer trab., ñ sabe oq é DotA. Eu to começando a duvidar se vc é nerd mesmo :) Faz o seguinte, me add no MSN q eu vou te mostrar o maravilhoso mundo do DotA 0.o

    **** > Física > DotA

  30. Resolver aparecer, eu já ia tomar conta do seu blog…rsrsrs. Acho que vou parar de falar com vc pelo msn, acaba não sobrando mais o que contar :D
    Beijocas

  31. Ahh mas tem que contar pra todo mundo tb!
    Tem que dividir essas histórias!
    ^^

  32. Musicien

    Cara, isso me lembrou quando tive que apresentar um seminário na facul…
    Eu e um amigo enchemos a cara de “Cuba Libre” meia hora antes,
    apresentamos o seminário (enquanto eu falava, ele mordia os companheiros do seminario, quando as projecoes nao funcionavam, era tapa no laptop…) e ainda assim tiramos 9.5…

  33. JuB

    Xiiii….num lembrod ter sido salva não! Oo

    Mas jah salvei MTAAA gnte ^^ e já ferrei tb! xD

    Mas eu normalmente pesquiso o trabalho passo pros outros e leio só +-, aih eu apresento primeiro e faço uam sintese d todo o assunto, rapidex, tiro 10, uhsaushaushua, e nunk falo nda d mais..só umr esumim…
    esse é um ÓÓÓTIIIIMOOO segredo e tática, fale primeiro, seja a introdução do se trabalho, e se precisar fale no final a conclusão, dpois d jah ter ouvido seus amigos falarem
    xD

    NUNCA falha!

  34. Já está na hora de vir um post novo, pare de estudar e atualiza isso aqui…:D
    Beijos e uma ótima semana

  35. Juãu

    ei stipy tu joga dota onde? me add no msn ae joaovictorslp@hotmail.com

  36. 13

    esse post tá bombando hein! hauhauah
    claro todo mundo ja fez isso.
    eu era a nerd, fazia os trabalhos, mas sempre deixava pra ultima hora. aqueles de portugues e tal, os de fisica e quimica passava diiiiias feliz da vida de estar fazendo o trabalho… hjiuhaiahiauha
    entao era assim. pior que eu ia la na frente, sem fazer nada, e os professores me amaavam. como aconteceu no meu ultimo trabalho de metodos numericos e eu te contei huahaiuhuah

  37. @13 Hahaha.. é isso ai! Todo mundo lembrando de cultuar os nerds que fazem trabalhos!! =D
    UHauhhuauha….

  38. Moita

    Mais rapido que a velocidade da luz, não seria na velocidade burlesca?

  39. Fuinha

    HUahuahuaa já teve dessa da lista chegar até mim com meu nome já assinado tb!! huahua
    mas geralmente os professores gostavam de mim entao sempre me davam uma segunda chance com esse negocio de falta…
    de qualquer forma, obrigada a todos que já me salvaram!

Faça um comentário...

*Atenção! Letras pequenas! Aviso importante: O sistema de comentários do Efeito Ázaron é um espaço para os leitores publicarem suas opiniões e comentários relacionados ao conteúdo. Todo e QUALQUER texto publicado nos comentários por terceiros não reflete a opinião do site e é de exclusiva e integral responsabilidade do leitor que o escreveu. Ao comentar aqui, o usuário concorda que SEU texto é de SUA responsabilidade, e não do site.

Theme by Anders Norén